ARTE – CINEMA – FRITZ LANG – 1890 – 1976

 

ARTE É FUNDAMENTAL

MATRICULAS ABERTAS PARA A AULA DE ARTE BRASILEIRA EM SANTOS DIA 27 DE JUNHO

MAIS INFORMAÇÕES NO 

luilopreti@hotmail.com

 

Friedrich ” Fritz ” Christian Anton Lang foi Ator, Produtor, Cineasta e Roteirista Austriaco, naturalizado Norte-Americano. Estudou Engenharia na Universidade Técnica de Viena em 1910, viajando em seguida para a Ásia, África e Europa. Em 1913, estudou Pintura em Paris, voltando para Viena durante a I Guerra onde lutou. Após a Guerra, especializou-se entre filmes de arte, como ” Mude Der Tod “ ( A Morte Cansada ) e populares, como ” Die Spinnen “ combinando os gêneros, tendo na Estética Expressionista seu viés de linguagem.

Escreveu em 1922 o filme ” Dr. Mabuse der Spieler “ que serviu de parâmetro para a trilogia que veio a seguir como ” Die Nibelungen “ de 1924, ” Metropolis “ de 1927 e ” M “ seu primeiro filme falado de 1931. Sua temática sempre versou os conflitos psicológicos, os destinos, as paranóias e as dicotomias do ser humano em perfeita sintonia com a vanguarda Expressionista,  da qual ele,  seria seu maior exponente no Cinema.  Em 1932, filmou ” O Testamento do Dr. Mabuse “, obra banida da Alemanha pelo regime Nazista, obrigando-o a refugiar-se em Paris em 1934.

Em 1936, já estava nos EUA, na MGM, onde dirigiu ” Fury “ ( Fúria ), naturalizando-se em 1939. Foi um dos precursores do filme ” Noirs “, explorando o pensamento espacial e a estrutaração vertical-horizontal em suas composições. Em Hollywood, filmou ” The big Heat “ em 1953, ” Enquanto a cidade dorme “ de 1956 e ” Uma dúvida razoável “ em 1957. De volta à Alemanha, filmou ” Os Mil Olhos do Dr. Mabuse “ em 1960, notadamente uma aula de composição Expressionista.

 

FRITZ LANG - ANOS 30.

FRITZ LANG - ANOS 30.

FRITZ LANG - METROPOLIS,  1927.

FRITZ LANG - METROPOLIS, 1927.

 


This entry was posted on domingo, junho 20th, 2010 at 12:38 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply