ARTE – ESCULTURA – ROBERT MORRIS – 1931

 

ARTE TODO DIA PRA VOCE

Robert Morris é artísta norte-americano, Escultor e Escritor. Identificado com o Movimento Minimalista, utiliza formas essenciais, abstratas e geométricas. Junto com Donald Judd é considerado um dos precursores da Estética Minimalista. Estudou na University of Kansas, Kansas City Institute e no Reed College. A princípio, foi influenciado pela Abstração Expressionista de Pollock até sua ida para a Califórnia onde conhece a obra de John Cage e passa a associar novas possibilidades de expressar Arte.

Em 1960, já em Nova York, criou Performances, explorando corpos no espaço em torno de uma coluna vertical que cai. Utilizou suas pesquisas de linguagem com Performances para desenvolver suas ” Minimal Scultures ” – “Two Columns “ em 1961 e ” L Beams “ em 1965. Em 1963 expõs Esculturas na Green Gallery e no ano seguinte executou ” 21,3 “ em que sincroniza lábios numa leitura de Erwin Panofsky e ” Site “ com Carolee Scheemann.

Passou a publicar ensaios ( após a conclusão de sua Tese sobre Brancusi no Hunter College ) como ” Notes on Sculpture “ na revista de Arte Artforum. Criou Videos e Obras de Land Art ( Intervenção na Paisagem ) entre o final dos anos 60 e início dos anos 70. Sua Arte foi e é profundamente Teatral se analizarmos as múltiplas linguagens e seus entrelaçamentos na construção da obra. Inconformado com a cobrança de originalidade e nada convencional, Robert Morris é um dos artístas mais particularizados da Arte Contemporânea nos EUA.

 

Robert Morris - ANEL DE LUZ, 1965-96


This entry was posted on quinta-feira, abril 22nd, 2010 at 01:16 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply