ARTE – CINEMA – ALAIN RESNAIS – 1922

 

ARTE TODO DIA FAZ BEM

 

ALAIN RESNAIS - No set, 1950

ALAIN RESNAIS - No set, 1950

Resnais é um Cineasta Francês e um dos mais importantes Diretores de Cinema da França. Trabalhou uma temática que alia a Poética ao Cinema explorando as metáforas sobre o tempo e a memória. Estudou no Institut des Hautes Études Cinématographiques e após concluir o seu curso em 1940, começou a trabalhar com curtas-metragens como ” Guernica “ de 1950, apresentando as múltiplas realidades da Cidade e da Pintura de Picasso.

Em ” Nuit et brouillard “ ( Noite e Nevoeiro ) alça o gênero Curta a uma composição de arte, tornando-o um clássico entre os Documentários. Em ” Hiroshima, Mon Amour ” de 1959 e seu primeiro longa, utiliza os flashbacks para perpetuar as metáforas sobre a memória e em 1960, filma ” O ano passado em Marienbad “, utilizando novamente a memória e suas recorrencias subjetivas como temática.

Junto com François Truffaut e Jean Luc Godard foi membro do New Wave Francês ( grupo responsável pela modernização e afirmação do Cinema Europeu no pós-guerra ). Recebeu vários prêmios como o Prêmio Jean Vigo em 1954 e 1966, o Leão de Ouro no Festival de Veneza em 1960 por ” O ano passado em Marienbad “, o Cézar de Melhor Diretor em 1977  por ” Providência “, o Urso de Prata para Outstanding Archievement Single no Festival de Cinema de Berlim em 1993 por ” Smoking/No Smoking “, prêmio Cézar de Melhor Diretor por ” Smoking/No Smoking “ em 1993, o Leão de Prata no Festival de Cinema de Veneza de 2006 por ” Coeurs “ e o Lifetime ArchievementAward em 2009 no Festival de Cinema em Cannes.

 


This entry was posted on quarta-feira, abril 21st, 2010 at 19:20 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply