ARTE – PINTURA – HANS HARTUNG – 1904 – 1989

 

SEM ARTE NÃO DÁ!

Pintor Franco-Alemão, foi um dos maiores representantes da Pintura Gestual entre os artístas identificados com o Expressionismo Abstrato. Estudou com o Pintor Emil Nolde e nas Academias de Belas Artes de Dresden e Munique. Mudou-se para Paris em 1926 onde incorporou as influências Cubistas em seu trabalho. Fez sua primeira exposição em Dresden em 1931, mas deixou a Alemanha definitivamente ( após a perda do pai ) por ter o seu trabalho sido considerado ” degenerado ” pelo regime nazista.

Tornou-se menbro da Legião Estrangeira Francesa, foi perseguido pela Gestapo e preso pela polícia Francesa durante a ocupação da França pelos Alemães. Solto, foi combater com a Legião no norte da África onde perdeu uma das pernas em combate. Em 1945, com o final da Guerra, obteve a cidadania Francesa, sendo condecorado com o prêmio Croix de Guerre. Em 1947, expõe em Paris obtendo enorme sucesso de público e crítica. Em 1960, ganhou o International Grand Prix da Bienal de Veneza.

Como um dos precursores da Abstração Lírica, influenciou toda a geração dos anos 50 e 60 nos EUA. Sua linguagem pictórica, baseou-se no gesto, ou seja, na impressão direta das expressões – suas intensidades, os movimentos, nos escorridos de tinta ( sua proposição mais lírica ) ou nas composições ricas em grafismos abstratos entrecortados por linhas caóticas em fundos de cores e manchas.

 

HANS HARTUNG -  P60-105, 1960

HANS HARTUNG - P60-105, 1960


This entry was posted on terça-feira, abril 13th, 2010 at 19:25 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply