ARTE BRASILEIRA – POESIA – GREGÓRIO DE MATOS E GUERRA II – 1636 – 1695

 

ARTE – POESIA – TODO DIA

A Poesia de Gregório de Matos é caracterizada por Poesia Satírica, Escárnio e Religiosa,  porém, entre os Poetas Barrocos, vemos na sua produção a temática sensual-erótica constituir um dos traços do seu temperamento livre e muito além do seu tempo – como podemos atestar neste Poema amoroso –

EXPRESSÕES AMOROSAS A DA DAMA A QUEM QUERIA

Discreta e formosíssima Maria,

enquanto estamos vendo a qualquer hora,

em tuas faces a rosada Aurora,

em teus olhos, e boca, o Sol e o dia:

Enquanto, com gentil descortesia,

o Ar, que fresco Adônis te enamora,

te espalha rica trança voadora

de madeixa que mais primor te envia.

Goza, goza da flor da mocidade,

que o tempo troca, e a toda ligeireza

e imprime a cada flor uma pisada.

Oh não aguardes que a madura idade

te converta essa flor, essa beleza,

em terra, em cinza, em pó, em sombra, em nada.

 

CONJUNTO ARQUITETÔNICO DO PELOURINHO, FOTO DE 1900, SALVADOR, BAHIA, BR

CONJUNTO ARQUITETÔNICO DO PELOURINHO, FOTO DE 1900, SALVADOR, BAHIA, BR

 


This entry was posted on domingo, abril 11th, 2010 at 16:48 and is filed under História da Arte Geral. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply