ARTE – FOTOGRAFIA – ALFRED STIEGLITZ – 1864 – 1946 – PARTE III

 

ARTE TODO DIA

Em 1917, Stieglitz passa a viver com a Pintora Georgia O`Keeffe, iniciando uma fase em sua vida extremamente rica e com maior proximidade com as questões que a Arte das Vanguardas produzia ininterruptamente. Em 1922, expôs ” Music – A Sequence of ten Cloud Photographs “ aproximando a fotografia das linguagens abstratas da Pintura e intitulando esta série, na qual trabalhou por 12 anos, de ” Equivalents “. Sobre este trabalho disse: ” Eu queria fotografar as nuvens para descobrir o que eu tinha aprendido em quarenta anos sobre Fotografia. “

Em 1924, após o seu divórcio ser finalmente concluido, casou-se com O`Keeffe e neste mesmo ano o Boston Museum of Fine Arts aquiquiriu uma série de suas fotos, sendo a primeira vez que um Museu incluia Fotografias em seu acervo permanente. De 1924 a 1937, expôs regularmente e ampliou sua Biblioteca e Coleção de Arte Moderna, incentivando e apresentando novos artístas. Nos últimos anos de sua vida viu seu o seu trabalho ser reconhecido e exposto nos maiores museus do mundo.

ALFRED STIEGLITZ

” Eu sempre acreditei no “HOJE “. A maioria das pessoas vivem no passado ou no futuro, de modo que elas não vivem realmente. Assim, muitas pessoas estão ocupadas e se preocupando com o futuro da arte ou da sociedade, sem tempo para acreditar que a grande Utopia é viver o momento. Não está no futuro, nem em outro lugar, mas no aqui e agora ou não é nada.”

 

ALFRED STIEGLITZ - Equivalents, 1922

ALFRED STIEGLITZ - Equivalents, 1922


This entry was posted on sábado, abril 10th, 2010 at 23:48 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply