ARTE – CINEMA – SERGUEI EISENSTEIN – 1898 – 1948

 

MATRÍCULAS ABERTAS PARA O CURSO DE INTERPRETAÇÃO PARA PERFORMANCE

Mais detalhes nas páginas do site ou pelo e-mail

 luilopreti@hotmail.com

Serguei Mihailovitch Eisenshtein foi o mais importante cineasta Russo. Participante das vanguardas Construtivista e Suprematista Russa, foi o primeiro a trabalhar a consolidação do Cinema enquanto linguagem e com status de arte autônoma. Criou a  ” montagem dialética “ , exposta em seu livro ” A Forma do Filme “, apresentando a própria natureza de ser do Cinema. Em outro livro ” O Sentido do Filme ” discorreu sobre a Poética no Cinema e suas implicações enquanto linguagem artística.

Sofreu inúmeros constrangimentos do regime Stalinista, devido a sua independência e defesa da livre expressão. Com 26 anos criou ” A Greve “, filme em que apresentou a possibilidade de convivência entre arte e política. Com 27 criou ” O Encouraçado Potemkin “ – obra considerada um marco da história do Cinema.

Amigo de Chaplin e Flaherty foi convidado pela MGM para trabalhar nos EUA não obtendo sucesso. Filmou ” Que Viva México “, um épico sobre a história mexicana,  tendo que abortar as gravações por falta de orçamento. Voltou para a Russía ainda mais vigiado pelo regime, por suas experiências ” capitalistas “ e surpreendentemente foi convidado a gravar ” Alexandre Nevski ” como peça de propaganda anti alemã, conseguindo produzir mais uma obra prima da história do cinema. Seu último trabalho foi ” Ivã, o Terrível ” que se desdobraria em três partes, consolidando uma trilogia, mas que não pode ser realizada,  devido o advento da II Guerra Mundial.

 

SERGUEI EISENSTEIN - IVAN GROZNY ( O TERRÍVEL ), 1945

SERGUEI EISENSTEIN - IVAN GROZNY ( O TERRÍVEL ), 1945


This entry was posted on sábado, março 13th, 2010 at 13:13 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply