ARTE – DANÇA – GEORGE BALANCHINE – 1904 – 1983

 

MATRÍCULAS ABERTAS PARA O CURSO DE INTERPRETAÇÃO PARA PERFORMANCE

Mais informações nas páginas do site.

Giorgi Melitonovich Balanchivadze foi bailarino e Coreógrafo Russo. Estudou composição e piano no Conservatório de Leningrado, estreando como coreógrafo em 1923. Desertou da então União Soviética em 1924 aceitando um convite de Diaghilev para trabalhar no Ballets Russes – onde criou coreografias geniais como ” La Pastorale “, Jack in the Box ” e ” Triunph of Netptune “.

Com a parceria de Igor Stravinsky criou ” Apollo “ exercitando seus profundos conhecimentos musicais. Residente nos EUA, funda a School of American Ballet em 1934 na cidade de Nova York. Em 1948 cria a companhia New York City Ballet. Reconhecido mundialmente como o coreógrafo que revolucionou a dança,  fundindo o balé clássico com as inovações modernas passou a criar coreografias para Filmes, Óperas, Musicais e Teatro. Criou mais de 400 trabalhos como ” Serenate “ de 1934, ” Orpheus “ de 1948, ” Agon “ de 1954, ” Stravinsky Violin Concert “ em 1972 e a peça coreográfica ” Mozartiana “ em 1981. Sobre a  dança sizia:

  “Nós devemos primeiramente compreender que a dança é uma arte independente, não um mero acompanhamento. Eu acredito que ela seja uma das grandes artes…A coisa importante no balé é o movimento por si mesmo. Um balé pode conter uma história, mas o espetáculo visual…é o elemento essencial. O coreógrafo e o bailarino devem lembrar-se que eles devem alcançar a platéia através dos olhos. Esta é a ilusão no qual convence a platéia, tal como é no trabalho de um mágico.” –  BALANCHINE.

 


This entry was posted on domingo, março 7th, 2010 at 15:11 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply