ARTE – POESIA – FERNANDO PESSOA – 1888 – 1935

 

MATRÍCULAS ABERTAS PARA OS CURSOS INTERPRETAÇÃO PARA PERFORMANCE E COMPOSIÇÃO PARA O AUDIO VISUAL

Mais informações nas páginas do site.

Um dos maiores Poétas da Língua Portuguesa, Pessoa nasceu em Lisboa em 13 de Junho de 1888. Alfabetizado em Inglês, por ter morado na Africa do Sul, trabalhou como tradutor dos grandes Poétas Ingleses, além de atuar em Jornalismo, Publicidade e Comércio. Na obra em Poesia, desdobrou-se em personagens ou ” Heterônimos ” – Chevalier de Pas, Alexander Search, Bernardo Soares, Álvaro de Campos, Ricardo Reis e Alberto Caeiro, para citar alguns, pois são encontrados mais de 70 Heterônimos em sua obra.

Místico, foi interessado pelo ocultismo e astrologia, utilizando este conhecimento como contra-propaganda para enganar os nazistas inflitrados em vários países da Europa.

São inúmeras as definições críticas sobre a sua obra – Octávio Paz, Poéta Mexicano e Nobel de Literatura o definiu como ” nada na sua vida é surpreendente – nada, exceto os seus poemas “. Para definí-lo, precisamos nos acercar dos valores absolutos da Poética, das coisas que existiram, existem e sempre vão existir,  pois Pessoa,  profundamente dessecou a alma humana.

 


This entry was posted on terça-feira, março 2nd, 2010 at 17:34 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply