ARTE – PINTURA – VAN GOGH – UM PRECURSOR DA DRAMATICIDADE

A Partir desta matéria voltamos a inserir contextos de Poéticas, desde o príncipio do Modernismo, com preocupação mais reflexiva, alternando-as com outros períodos do mundo Moderno e Contemporâneo.

Como já apresentamos em outras matérias do site, Vicent Van Gogh ( 1853 – 1890 ) foi, entre os Impressionistas, um dos primeiros a expandir e a projetar as liberdades compositivas na Pintura para o mundo Moderno.

Sua Poética refletia a expressão dramática através da intensificação dos motivos ( cores, formas, pinceladas ou temas ). Por outro lado, vemos em uma de suas Pinturas ” O quarto do artísta em Arles “ de 1889,  uma descrição sua sobre a obra, em carta endereçada ao seu irmão, onde revela sua necessidade por repouso e simplicidade – poderia parecer contradição, não fosse sua intensidade expressiva, mesmo com toda sua necessidade de apaziguamento, uma retumbante vibração de ritmos e cores – a seguir reproduzimos um trecho da carta publicada no livro ” A História da Arte ” de E.H. Gombrich – 2 Edição, Ed. Zahar –

” Eu tinha uma nova idéia em minha cabeça e aqui está o seu esboço…desta vez trata-se simplesmente do meu quarto, só que a cor se encarregará de tudo, insuflando, por sua simplificação, um estilo mais impressivo às coisas e uma sugestão de repouso ou de sono em geral. Numa palavra, contemplar o quadro deve ser repousante para o cérebro ou, melhor dizendo, para a imaginação…”

VICENT VAN GOGH -  The Bedroom, 1889

VICENT VAN GOGH - The Bedroom, 1889


This entry was posted on segunda-feira, março 1st, 2010 at 14:37 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply