ARTE – POESIA – FREDERICO GARCIA LORCA – 1898 – 1936

 

POEMAS

TODAS AS COISAS TÊM SEU MISTÉRIO

E A POESIA

É O MISTÉRIO DE TODAS AS COISAS

 

 

NOCHE DE AMOR INSOMNE

Noche arriba

los dos con luna llena,

yo me puse a llorar y tú reías.

Tu desdén era un dios, las penas mía

momentos y palomas en cadenas.

Noche abajo

los dos. Cristal de pena,

llorabas tú por hondas lejanías
sobre tu débil corazón de arena.

La aurora

nos unió sobre la cama,

las bocas puestas sobre el chorro helado

de una sangre sin fin que se derrama.

Y el sol

entró por el balcón cerrado

y el coral de la vida abrió su rama

sobre mi corazón amortajado.


This entry was posted on quarta-feira, fevereiro 24th, 2010 at 01:26 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

3 Respostas to “ARTE – POESIA – FREDERICO GARCIA LORCA – 1898 – 1936”

  1. Bia Says:

    Esse vídeo é simplesmente sensacional!
    O site está cada dia mais bonito. Quanta informação.
    Lopreto, querido, obrigada por nos manter informados.
    Bj
    Bia

  2. lopreto Says:

    Olá Bia – me chamou a atenção a alegria do Lorca em meio aquela loucura toda da Guerra Civil – realmente impressionante! Obrigado pelo retorno – abraços! – Lopreto.

  3. Pamela Says:

    Não precisa de muito tempo pra mostrar um trabalho….que imagens
    Muito bom Prof, que música é essa de fundo?
    Bjus Pamela Tomaz

Leave a Reply