VANGUARDAS – FUTURISMO – ITÁLIA – 1909

Foi o Poeta Filippo Tommaso Marinetti ( 1876 – 1944 ) o idealizador do movimento, lançando seu Manifesto em 1909, publicado no jornal francês, Le Figaro. Entre as Vanguardas o Futurismo foi o que escolheu seu próprio nome, dando-lhe caráter original, literario, demolidor do passado, preconizando a velocidade, o dinamismo, em suma – o movimento. 

Um dos seguidores de Marinetti, Umberto Boccioni, publica logo em seguida ao Manifesto Futurista de 1909, outro folheto, intitulado ” Manifesto Técnico da Pintura Futurista “, que nos dá uma leitura muito esclarecedora das intenções destes artístas – como podemos ver neste fragmento:

” Tudo se movimenta, tudo corre, tudo gira rapidamente. Uma figura nunca é estacionária diante de nós, mas aparece e desaparece incessantemente. Através da persistência das imagens na retina, as coisas em movimento multiplicam-se e são distorcidas, sucedendo-se umas às outras como vibrações no espaço através do qual se deslocam…”

UMBERTO BOCCIONI - Unique Forms of Continuity in Space, 1913.

UMBERTO BOCCIONI - Unique Forms of Continuity in Space, 1913.


This entry was posted on domingo, novembro 29th, 2009 at 18:44 and is filed under Arte Moderna. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

2 Respostas to “VANGUARDAS – FUTURISMO – ITÁLIA – 1909”

  1. Neno Miranda Says:

    Lopreto :
    o site está lindo e delicioso,
    abraços

  2. lopreto Says:

    Olá Neno – aproveita o site pois tem dicas orientadoras – fica ligado na questão das composições – um abraço.

Leave a Reply