ARTE – INSTALAÇÃO/VIDEOARTE – VITO ACCONCI – 1940.

ARTE ACORDA O OLHAR

Vito Acconci Hannibal é um Artista/Arquiteto, Projetista de Instalações dos EUA. Começou seus estudos em New York formando-se na Faculdade de Santa Cruz em 1962 e obteve o Mestrado na Universidade de Iowa. Como Poeta publicou ” de 0 a 9 “ com Bernadette Mayer nos anos 60 e no final da década começou sua investigação sobre as relações do corpo com a obra de arte em trabalhos de audiovisual e performance. Sua Instalação ” Seedbed “de 1971 provocou sensação na Galeria Sonnabend onde aparecia se masturbando, numa clara proposta de explorar os tabus. Artista interdisciplinar, caracteriza-se pelo estudo das linguagens artísticas e suas interações, como na peça ” Centros “. Em 1988 fundou o Acconci Studio como base para a criação e estudo de Arte Interativa. Atualmente trabalha com projetos de Arquitetura e Paisagismo para a integração de espaços públicos e privados como em ” Sujeira de Parede “ de 1992, executada no jardim de esculturas Arvada Center no Colorado.

VITO ACCONCI

VITO ACCONCI

VITO ACCONCI - IMITATION - PERFORMANCE - 1970.

VITO ACCONCI - IMITATION - PERFORMANCE - 1970.

VITO ACCONCI - MANIPULATIONS - 1970.

VITO ACCONCI - MANIPULATIONS - 1970.

VITO ACCONCI - SEEDBED - 1972.

VITO ACCONCI - SEEDBED - 1972.

VITO ACCONCI - COMMAND PERFORMANCE - 1974.

VITO ACCONCI - COMMAND PERFORMANCE - 1974.

VITO ACCONCI - ADJUSTABLE WALL BRA - 1990-91.

VITO ACCONCI - ADJUSTABLE WALL BRA - 1990-91.


ARTE – ARQUITETURA – JURGEN MAYER HERMAN – 1965.

ARTE ACORDA O OLHAR

Jurgen Mayer H. é um Arquiteto e Artista Alemão. Estudou na Universidade de Stuttgart e na Universidade de Princeton. Desenvolve um trabalho de integração do Homem no espaço,  considerando Arte e Arquitetura como binômios inseparáveis. Suas obras são elaboradas com materiais ” inteligentes ” e de grande liberdade expressiva, delineadas como desenhos no espaço de forma escultural. Recebeu o Prêmio Mies van der Rohe em 2003 por sua obra na Alemanha na ” Stadthaus Ostfildern e o Prêmio Holcim em 2005 pela obra ” Metropol Parassol ” em Sevilha, na Espanha. Tem suas Esculturas e Instalações nos Museus de Arte Moderna ( MOMA ) de São Francisco e New York.

JURGEN MAYER

JURGEN MAYER

JURGEN MAYER H. - STADHAUS MARKPLATZ - ALEMANHA - 1998-2002.

JURGEN MAYER H. - STADHAUS MARKPLATZ - ALEMANHA - 1998-2002.

JURGEN MAYER H. - STADHAUS MARKPLATZ - ALEMANHA - INTERIOR - 1998-2002.

JURGEN MAYER H. - STADHAUS MARKPLATZ - ALEMANHA - INTERIOR - 1998-2002.

JURGEN MAYER H. - METROPOL PARASSOL - SEVILHA - ESPANHA - 2004-11.

JURGEN MAYER H. - METROPOL PARASSOL - SEVILHA - ESPANHA - 2004-11.

JURGEN MAYER H. - METROPOL PARASSOL - SEVILHA - ESPANHA - 2004-11.

JURGEN MAYER H. - METROPOL PARASSOL - SEVILHA - ESPANHA - 2004-11.

JURGEN MAYER H. - ADA 1 - OFFICE COMPLEX ANDER ALSTER 1 - HAMBURGO - ALEMANHA - 2007.

JURGEN MAYER H. - ADA 1 - OFFICE COMPLEX ANDER ALSTER 1 - HAMBURGO - ALEMANHA - 2007.

JURGEN MAYER H. - MESTIA AIRPORT - 2010.

JURGEN MAYER H. - MESTIA AIRPORT - 2010.

JURGEN MAYER H. - HOUSE OF JUSTICE/CIVIC CENTER - MESTIA - 2001-12.

JURGEN MAYER H. - HOUSE OF JUSTICE/CIVIC CENTER - MESTIA - 2001-12.


ARTE – CINEMA – CHRIS MARKER – 1921 – 2012.

ARTE ACORDA O OLHAR

Christian François Bouche Villeneuve foi um Cineasta, Jornalista, Fotógrafo e Artista Multimídia Francês. Estudou Filosofia com Jean Paul Sartre e participou da Resistência francesa ( grupo Marquis ) na Segunda Guerra Mundial. Nos anos 50 participou do Movimento de Cinema Left Bank com Alain Resnais e Agnês Varda. Como Ensaísta e Documentarista trabalhou com Resnais no Documentário ” Estátuas não Morrem ” de 1953, tratando da importância da Arte Africana com suas máscaras e estatuária. Obteve notoriedade com o curta metragem “La Jetée ” ( The Pier ) em 1962. Entre seus principais trabalhos temos ainda ” Loin du Vietnam ” de 1967, ” A Bientôt J´espère ” de 1967, ” Le Fond de L´ar est Rouge ” de 1977,  ” Sans Soleil ” de 1983, ” A.K. ” sobre Akira Kurosawa, ” Tokyo Days ” de 1988, ” Gething away with it ” e ” Berlin 1900 ” de 1990, ” Prime Time in the Camps ” e ” SLON Tango ” de 1993, ” Level Five ” de 1997, ” One Day in the Life of Andrei Arsenevich ” de 2000. Como Cineasta caracterizou-se pelo trabalho experimental interagindo a questão documental, filosofia, ficção e ficção científica.

CHRIS MARKER

CHRIS MARKER

CHRIS MARKER - LA JETÈE - 1962.

CHRIS MARKER - LA JETÈE - 1962.

CHRIS MARKER - SENHORA CAMINHANDO PELA RUA GAY LUSSAC APÓS OS PROTESTOS DE MAIO DE 1968 - PARIS - 1968.

CHRIS MARKER - SENHORA CAMINHANDO PELA RUA GAY LUSSAC APÓS OS PROTESTOS DE MAIO DE 1968 - PARIS - 1968.

CHRIS MARKER - LE FOND DE L`AR EST ROUGE - 1977.

CHRIS MARKER - LE FOND DE L`AR EST ROUGE - 1977.

CHRIS MARKER - SANS SOLEIL - 1983.

CHRIS MARKER - SANS SOLEIL - 1983.


ARTE – AULA DE ARTE BRASILEIRA EM SÃO PAULO – 19 DE AGOSTO.

ARTE AMPLIA O OLHAR

A AULA DE ARTE BRASILEIRA ACONTECERÁ NO DIA 19 DE AGOSTO DE 2012 – EM SÃO PAULO – OS INTERESSADOS DEVEM ENVIAR NOME COMPLETO E TELEFONE DE CONTATO PARA O EMAIL DESTE SITE –

luilopreti@hotmail.com

FRANZ POST - CARRO DE BOI - 1638.

FRANZ POST - CARRO DE BOI - 1638.

O PROGRAMA APRESENTA UM PANORAMA HISTÓRICO E  PRODUÇÃO ARTÍSTICA DA ARTE BRASILEIRA DO SÉCULO XVI ATÉ O INÍCIO DO SÉCULO XX, COM VISITAS AO MUSEU DE ARTE SACRA, PINACOTECA DO ESTADO E PERCURSOS DE RUA NO CENTRO DA CIDADE.

IGREJA DE SANTO ANTONIO DO VALONGO - 1640 - SANTOS, SÃO PAULO.

IGREJA DE SANTO ANTONIO DO VALONGO - 1640 - SANTOS, SÃO PAULO.

PROGRAMA


1- MANEIRISMO E BARROCO – ARQUITETURA, ESTATUÁRIA, ARTE SACRA E POESIA NO BRASIL COLÔNIA;

2- A VINDA DA FAMÍLIA REAL PARA O BRASIL E A MISSÃO FRANCESA;

3- IMPÉRIO NO BRASIL – ARQUITETURA, POESIA, ESCULTURA, GRAVURA E PINTURA;

4- AS INOVAÇÕES MODERNISTAS  NAS ARTES NO FINAL DO SÉCULO XIX E INÍCIO DO XX – ART NOUVEAU E A INFLUÊNCIA EUROPÉIA DAS VANGUARDAS – SEMANA DE ARTE MODERNA DE 1922.

BELMIRO DE ALMEIDA - ARRUFOS - 1887.

BELMIRO DE ALMEIDA - ARRUFOS - 1887.

A AULA TERÁ INÍCIO AS 10 HORAS DA MANHÃ EM FRENTE AO MUSEU DE ARTE SACRA – AVENIDA TIRADENTES 676 – E TEM PREVISÃO DE ENCERRAMENTO AS 17HS . TODO O PERCURSO SERÁ FEITO DE METRÔ E CAMINHADAS PARA MELHOR APROVEITAMENTO DA PAISAGEM ARQUITETÔNICA DOS PERÍODOS ESTUDADOS.

APROVEITE ESTA OPORTUNIDADE DE CONHECER ” IN LOCO ” O DESENVOLVIMENTO DA PRODUÇÃO ARTÍSTICA BRASILEIRA FAZENDO SUA INSCRIÇÃO .

TEATRO COLISEU - SANTOS - 1909.

TEATRO COLISEU - SANTOS - 1909.


ARTE – FOTOGRAFIA – PABLO GENOVÉS – 1959

ARTE ACORDA O OLHAR!!!

Pablo Genovés é um Artista Espanhol. Nascido em Madri, resgata princípios Barrocos em suas composições, como a dualidade verdade-mentira, criando espectros visuais. Utiliza técnicas diversas na criação de colagens em séries a partir de Fotografias digitais com interferência de elementos da Pintura, re-contextualizando imagens de luxo e opulência em contraste com cenários de catástrofes. Sua temática dialoga os contrastes da cultura em oposição à natureza numa metáfora sobre o poder, como podemos vislumbrar nas obras de sua exposição ” CRONOLOGIA DO RUÍDO “.

PABLO GENOVÉS

PABLO GENOVÉS

PABLO GENOVÉS - CRONOLOGIA DO RUÍDO.

PABLO GENOVÉS - CRONOLOGIA DO RUÍDO.

PABLO GENOVÉS - APOCALIPSIS - COLLAGE.

PABLO GENOVÉS - APOCALIPSIS - COLLAGE.

PABLO GENOVÉS - CRONOLOGIA DO RUÍDO.

PABLO GENOVÉS - CRONOLOGIA DO RUÍDO.

PABLO GENOVÉS - CRONOLOGIA DO RUÍDO.

PABLO GENOVÉS - CRONOLOGIA DO RUÍDO.

PABLO GENOVÉS - CRONOLOGIA DO RUÍDO.

PABLO GENOVÉS - CRONOLOGIA DO RUÍDO.


ARTE – PINTURA – TAUBA AUERBACH – 1981.

ARTE ACORDA O OLHAR


Tauba Auerbach é uma artista dos EUA. Estudou Artes Visuais na Universidade de Stanford, na Califórnia, formando-se em 2003. Desenvolve composições anti convencionais na Pintura e Escultura, otimizando as relações visuais, dobrando, amaçando e recriando as conformações das superfícies. A ambiguidade nas suas obras tem lugar importante na temática sempre surpreendendo o expectador na revelção de novas espacialidades visuais e suas relações coloristas. Expõe suas obras em Galerias na Europa e EUA desde 2003 e tem seus trabalhos na Coleção do Museu de Arte Moderna de New York – MOMA.

TAUBA AUERBACH

TAUBA AUERBACH

TAUBA AUERBACH - ( 2,3 ) - 2011.

TAUBA AUERBACH - ( 2,3 ) - 2011.

TAUBA AUERBACH - CUBEARC FROM ( 2,3 ) - 2011.

TAUBA AUERBACH - CUBEARC FROM ( 2,3 ) - 2011.

TAUBA AUERBACH - GEM FROM ( 2,3 ) - 2011.

TAUBA AUERBACH - GEM FROM ( 2,3 ) - 2011.

TAUBA AUERBACH - MOBIUS FROM ( 2,3 ) 2011.

TAUBA AUERBACH - MOBIUS FROM ( 2,3 ) 2011.


ARTE – ARQUITETURA – MICHAEL HOPKINS – 1935.

SEM ARTE NÃO DÁ!!!!


Sir Michael Hopkins é um Arquiteto Inglês. Estudou na Sherborne School e participou da Associação dos Arquitetos, tornando-se junto com Norman Foster um dos representantes da Arquitetura High Tech na Inglaterra. Utilizando novos materiais e técnicas, como o aço leve e estruturas de vidro, associa alvenaria e carpintaria em novos arranjos arquitetônicos. Em 1994, recebeu a Real Medalha de Ouro do Royal Institute of British Architects. Professa a crença que o progresso não deve ser uma ruptura com o passado mas uma oportunidade para explorar os elementos tradicionais associados à tecnologia avançada. Desde 1992 pertence a Royal Academy. Entre suas obras podemos destacar sua casa em Hampstead ( Londres ) de 1976, a Casa de Ópera de Glyndebourne, o Edifício ” A Ronda ” em Hathersage, as Residências dos Parlamentares em Londres, o Forum de Norwich , O Velódromo de Londres de 2012 e a Extensão do Manchester City Art Gallery.

MICHAEL HOPKINS

MICHAEL HOPKINS

MICHAEL HOPKINS - HOPKINS HOUSE - LONDON - 1976.

MICHAEL HOPKINS - HOPKINS HOUSE - LONDON - 1976.

MICHAEL HOPKINS - SCHLUMBERGER CAMBRIDGE RESEARCH CENTRE - 1985.

MICHAEL HOPKINS - SCHLUMBERGER CAMBRIDGE RESEARCH CENTRE - 1985.

MICHAEL HOPKINS - NEW PARLIAMENTARY BUILDING - LONDON - 2000.

MICHAEL HOPKINS - NEW PARLIAMENTARY BUILDING - LONDON - 2000.

MICHAEL HOPKINS - THE FORUM - NORWICH - 2001.

MICHAEL HOPKINS - THE FORUM - NORWICH - 2001.

MICHAEL HOPKINS - VELODROME - LONDON - 1012.

MICHAEL HOPKINS - VELODROME - LONDON - 1012.


BEM VINDOS A MATÉRIA DE NÚMERO 600 DO SITE!!!

SEM ARTE NÃO DÁ !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

Visite nossas páginas e encontrará matérias sobre Artistas, Obras, Vanguardas e Estéticas de forma interdisciplinar, do Período Moderno, Contemporâneo e de Arte Brasileira.

Para navegar no site de maneira mais simples basta ir ao “BUSCA” e digitar – ARTE CINEMA, ARTE MÚSICA, ARTE POESIA, ARTE PINTURA…que várias páginas com matérias com textos para aprofundar uma boa pesquisa, com fotos das obras dispostas cronologicamente e vídeos.

Participe enviando seus comentários e sugestões!!!…assim podemos melhorar cada vez mais publicando conteúdos de forma mais assertiva!!!

PINTURA

PAUL CEZANNE - LE LAC D-ANNECY - 1896.

PAUL CEZANNE - LE LAC D-ANNECY - 1896.

ESCULTURA

AUGUST RODIN - UGOLIN - 1882 - 1906.

AUGUST RODIN - UGOLIN - 1882 - 1906.

POESIA

STEPHANE MALLARMÉ

STEPHANE MALLARMÉ

L`APRÉS-MIDI D`UN FAUNE

A tarde de verão de um fauno

A tarde de um fauno

A sesta de um fauno

Églogue

1876

Quero perpetuar essas ninfas.

Tão claro

Essas ninfas eu quero eternizar.

Tão leve

Vou perpematar essas ninfas.

É tão claro

É o rodopio de carnes que ele gira no ar

É a sua carnação, que ele gira no ar

Seu ligeiro encarnado a voltear no ar

Entorpecido de pesados sonos.

Sonho?

Sonolento de sonhos e arbustos.

Foi Sonho?

Espesso de mormaço e sonos.

Sonhei ou … ?

MÚSICA

CLAUDE DEBUSSY

ARQUITETURA

FRANK LLOYD WRIGHT - BARNSDALL HOUSE - LOS ANGELES - 1916.

FRANK LLOYD WRIGHT - BARNSDALL HOUSE - LOS ANGELES - 1916.

DESIGN

MARCEL BREUER - VASSILY CHAIR - 1927-28.

MARCEL BREUER - VASSILY CHAIR - 1927-28.

CINEMA

CHARLES CHAPLIN - TEMPOS MODERNOS - MODERN TIMES - EUA - 1936.

CHARLES CHAPLIN - TEMPOS MODERNOS - MODERN TIMES - EUA - 1936.


ARTE – PINTURA – JEAN RENÉ BAZAINE – 1904 – 2001

SEM ARTE NÃO DÁ!!!

MATRÍCULAS ABERTAS PARA O CURSO DE INTERPRETAÇÃO PARA PERFORMANCE – PARA ATORES E DIRETORES DE CINEMA , TEATRO E TELEVISÃO

OS INTERESSADOS DEVEM CONSULTAR A PÁGINA CURSO DESTE SITE OU ENVIAR NOME COMPLETO E TELEFONE PARA CONTATO PARA O EMAIL

luilopreti@hotmail.com

Jean Bazaine foi Pintor, Designer de Vitrais e Escritor Francês. Estudou na Académie Julian, na École des Beaux-Arts por um breve período, continuando sua formação estudando Filosofia e Literatura na Sorbonne em Paris. Expôs pela primeira vez com o também Pintor Jean Fautrier, na Galerie jeanne Castel em 1930 em Paris. De tendência gestual abstrata, buscou nas cores e movimento seus motivos mais significativos. Em 1950 fez sua grande exposição na Galerie Maeght consolidando sua importância como um dos grandes representantes da renovação da Pintura no pós-guerra. Em Vitral fez projetos para a Igreja de Notre Dame em Assy.

JEAN BAZAINE
JEAN BAZAINE

JEAN BAZAINE - LE GRAND ARBRE DANS LA CAMPAGNE - 1947.
JEAN BAZAINE – LE GRAND ARBRE DANS LA CAMPAGNE – 1947.

JEAN BAZAINE - SEA WIND - 1949.

JEAN BAZAINE - SEA WIND - 1949.

JEAN BAZAINE - BRANCHES D`ARBRE - 1951.

JEAN BAZAINE - BRANCHES D`ARBRE - 1951.

JEAN BAZAINE - CHICAGO - 1952.

JEAN BAZAINE - CHICAGO - 1952.

JEAN BAZAINE - SEM TÍTULO - 1955.

JEAN BAZAINE - SEM TÍTULO - 1955.

JEAN BAZAINE - OMBRE SUR LA MER - 1963.

JEAN BAZAINE - OMBRE SUR LA MER - 1963.

JEAN BAZAINE - HOMENAGEM A TURNER - 1976.

JEAN BAZAINE - HOMENAGEM A TURNER - 1976.

JEAN BAZAINE - VITRAL DA IGREJA SANIT SEVERIM PILLAR.

JEAN BAZAINE - VITRAL DA IGREJA SANIT SEVERIM PILLAR.


CURSO DE INTERPRETAÇÃO PARA PERFORMANCE – PARA ATORES E DIRETORES.

INÍCIO 30 DE JUNHO


O Curso de Interpretação para Performances está com matrículas abertas para Atores e Diretores interessados nos processos de desenvolvimento dos métodos de Encenação Modernos de Stanislavsky a Peter Brook. Dividido em módulos o Curso terá neste primeiro módulo quatro aulas ( duas teóricas e duas práticas ): as aulas Teóricas apresentam o Programa do desenvolvimento das Estéticas e Métodos de Encenação do final do século XIX até os dias atuais, num roteiro básico para aprofundamento e pesquisa, enquanto as aulas Práticas acontecem no Parque do Ibirapuera e apresentam as dinâmicas de desenvolvimento sensório e corporal dos métodos teóricos.

O Curso tem como objetivo possibilitar ao aluno amplo transito sobre o desenvolvimento histórico e prático da Arte de representação cênica considerando sua importância fundamental para a práticas em Teatro, Cinema e Televisão.

PARA INSCRIÇÕES E MATRÍCULAS ENVIE SEU NOME COMPLETO E TELEFONE DE CONTATO PARA O EMAL

luilopreti@hotmail.com

MAIS INFORMAÇÕES NA PÁGINA – CURSOS –  DESTE SITE.


TEATRO DE DIONISO - GRÉCIA - ATENAS - SÉCULO V A.C.

TEATRO DE DIONISO - GRÉCIA - ATENAS - SÉCULO V A.C.