IMPRESSIONISMO

CLAUDE MONET - " Impressão - nascer do sol ", 1872

CLAUDE MONET - " Impressão - nascer do sol ", 1872

Esta obra de Monet ” Impressão – nascer do sol “, emprestou o nome ao movimento Impressionista – tornando-se uma grande referência do início do rompimento Moderno.

A luz e o movimento foram os complementos perfeitos para a captação do instante e a cor, usada pura, em forma de correspondências, construia a unidade da Pintura.

Os motivos dos Impressionistas são as paisagens, naturezas mortas e retratos, mas o motivo da vida acontecendo no seu exato instante, tornou-se a marca registrada do movimento –  a vida fervilhando na noite da Belle Époque – como podemos ver no cartaz de Edouard Manet e na Pintura de Renoir -

EDOUARD MANET - Café Guerbois, 1878

EDOUARD MANET - Café Guerbois, 1878

PIERRE AUGUST RENOIR - O Baile do Moulin de la Galette, 1876

PIERRE AUGUST RENOIR - O Baile do Moulin de la Galette, 1876


This entry was posted on segunda-feira, dezembro 7th, 2009 at 2:11 and is filed under Sem categoria. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply