ARTE ÍNDIA BRASILEIRA

 

 A Arte dos primeiros habitantes do Brasil é rica e de um senso estético único, abrangendo a Pintura Corporal, Facial, Cerâmica, Máscaras, Plumária, Objetos, Cestaria e Artefatos de Rituais – Arquitetura, Musica e Dança.

O requinte que a Arte India tem está ligado ao senso de proporcionalidade e finalidade de tudo, da beleza e equilíbrio, de funcionalidade sem ser predatória, utilitária ou ritualística e ainda puramente estética.

Como exemplo vemos a Arte Plumária, produzida com a coleta das penas na floresta no passar de dias, meses ou anos – separadas, limpas e prontas para a confecção de braçadeiras cerimoniais, cocares, pulseiras e tangas. Já a Pintura facial antecede a Pintura corporal – com carvão e urucum sua realização sempre depende da organização social, ou da categoria à qual o indivíduo pertence – para a pintura dos homens solteiros a pintura difere da dos homens casados e com filhos e para as mulheres a pintura é determinada por ocasiões particulares, como o fim do resguardo, casamento ou o término do luto.

 

MAUREEN BISILLIAT - Indios Brasileiros - Xingu

MAUREEN BISILLIAT - Indios Brasileiros - Xingu

 


This entry was posted on segunda-feira, dezembro 28th, 2009 at 18:51 and is filed under História da Arte Geral. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply