ARTE – POESIA ARTHUR RIMBAUD – 1854 – 1891

ARTE ACORDA O OLHAR

MATRICULAS ABERTAS PARA O CURSO DE ARTE MODERNA INTERDISCIPLINAR

OS INTERESSADOS DEVEM ENVIAR SEU NOME COMPLETO E TELEFONE DE CONTATO PARA O E-MAIL

luilopreti@hotmail.com


Jean Nicolas Arthur Rimbaud foi um Poeta Francês. Com uma infância conturbada e sem muita vocação para os estudos revelou-se a predileção para os versos. Aos 15 anos compunha versos originais e diálogos em Latim tendo como orientador o Professor Georges Izambard. Em 1871, em uma de suas fugas de casa, escreveu ” L´orgie parisienne ” e ” Le Coeur supplicie “ com claras referências à Comuna de Paris. A partir deste momento declara-se anarquista propondo a transcendência poética na criação com um frase célebre “…O Poeta se faz evidente por meio de um longo, imenso e refletido desregramento de todos os sentidos…” Escreve ” Soneto da Vogais “ enviando-o para o Poeta Simbolista Paul Verlaine que o convida a ir para Paris. Lá, tornaram-se amigos e amantes. Entre suas obras temos ” Le Soleil était encore Chaud ” ( 1866 ), ” Poésies ” ( 1869 – 1873 ), ” Le Bateau ivre ” ( 1871 ), ” Une Saison en Enfer ” ( 1873 ), ” Iluminações ” ( 1874 ) e ” Lettres ” ( 1870-1891 ). Sua Poesia influenciou toda a geração Simbolista e posteriormente as Vanguardas Dada e Surrealista.


ARTHUR RIMBAUD

ARTHUR RIMBAUD

ARTHUR RIMBAUD - PINTURA DE HENRI FANTIN-LATOUR - VERLAINE ( 1 À ESQUERDA ) E RIMBAUD ( SEGUNDO Á ESQUERDA ).

ARTHUR RIMBAUD - PINTURA DE HENRI FANTIN-LATOUR - VERLAINE ( 1 À ESQUERDA ) E RIMBAUD ( SEGUNDO Á ESQUERDA ).

ARTHUR RIMBAUD - EM HARAR, 1883.

ARTHUR RIMBAUD - EM HARAR, 1883.


This entry was posted on domingo, setembro 11th, 2011 at 21:21 and is filed under Arte Moderna. You can follow any responses to this entry through the RSS 2.0 feed. You can leave a response, or trackback from your own site.

Leave a Reply